Tapioca

domingo, 2 de novembro de 2008
Eu queria fazer Tapioca !!! Tem no Mercado o polvilho, é só colocar de molho, escorrer, deixar em um pano limpo, passar em uma peneira....Virou uma goma grudada no pano, não ia passar na peneira jamais!!! Tudo para o lixo!!! O que fazer então?? Descobri uma barraca de tapioca, pertinho do meu trabalho, e fui lá me informar... Um casal muito simpático, fui assuntando e aprendendo como se faz e saí de lá com a farinha já prontinha para usar. Eu já tinha até encomenda da Chris... tapioca com negrinho e morangos!

É fácil fazer: Em uma frigideira anti-aderente, espalhe a farinha e modele a tapioca como uma panqueca no fundo da frigideira. O segredo é deixar a frigideira ficar bem quente antes de colocar a massa.O ponto é bastante rápido, assim que desgrudar o fundo da frigideira, vire-a por alguns segundos e estará pronta. A massa tem que secar na frigideira, não fritar.




Recheie a gosto. Os recheios podem ser doces ou salgados.
Esta é de negrinho (brigadeiro) e morangos.
Negrinho: 1 lata de leite condensado, 1 colher manteiga, 3 colheres de nescau, vai ao fogo mexendo sempre até desgrudar do fundo da panela.
Rechear a tapioca com negrinho e morangos e dobrar!
Pronta e deliciosa!
Fizemos salgadas também com iscas de carne e pimentões, mas não deu tempo para fotos, a fome era muita...

O resultado foi muito bom!!!

21 comentários:

{ Glau } at: 2 de novembro de 2008 10:26 disse...

hummm adoro tapioca com recheio de coco com leite condensado! bem da gordinha!

a sua ficou com uma cara ótima!
Bjos, Glau

{ Vivian } at: 2 de novembro de 2008 12:57 disse...

Alice, quando vou pro nordeste me empanturro de tapioca. Primeiro pego a salgada de queijo coalho e depois me perco nas doces rs. Numa dessas viagens, comprei no aeroporto a farinha, cheguei em casa toda feliz, fiz os passos ensinados, mas ficou um horror !!! Vc me deixou salivando agora!!!
bom domingo

{ Canela } at: 2 de novembro de 2008 13:59 disse...

Ficou um espectaculo,nao conhecia o doce,só faço uma receita com tapioca é pudim...
Bom domingo!

{ Vitor } at: 2 de novembro de 2008 17:13 disse...

Alice deve ter ficado uma maravilha!!!Um beijo Vitor:))--

{ A dona da cozinha } at: 2 de novembro de 2008 18:12 disse...

Alice,
eu também já tentei fazer tapioca e o resultado foi o mesmo, uma goma super esquisita. Deixei de lado e não toquei mais no assunto. Agora passeando por aqui reascendeu a vontade de fazer a dita-cuja.
me tira umas dúvidas: coloca a farinha pura na frigideira?
e a farinha pode ser aquela que a gente compra no supermecado?
b-jocas, paula

{ ameixa seca } at: 2 de novembro de 2008 18:29 disse...

Nunca provei... mas tem óptimo aspecto :)

{ Cris } at: 2 de novembro de 2008 21:57 disse...

Hum adoro tapioca, lembra-me dos cafés da manhã no nordeste... Bjs!

{ EU MULHER } at: 2 de novembro de 2008 23:45 disse...

Alice querida, amei sua tapioca com brigadeiro.
Aqui em casa como tapioca quase todos os dias e sempre estou mudando os recheios.
Quando visitei Gramado pela primeira vez, ensinei a uma senhora chamada dona Lucia como fazer.
Compramos no Nacional o polvilho doce( que de doce não tem nada). Um pacote de 500g, despejei em uma vasilha, coloquei água até cobrir o polvilho, deixei de molho até a massa ficar totalmente sentada no fundo da vasilha (isso pode levar várias horas, aconselho deixar de um dia para o outro, até vc perceber que a água em cima está bem limpinha). Escorra a água, pegue um pano seco e faça pressão na massa para que seque ainda mais. Com certeza a massa vai estar bem dura no fundo da vasilha pronta para ser peneirada. Tire com uma espátula os blocos de goma e passe na peneira. Sugestão (Faça sua tapioca um pouco mais grossa, não muito). Boa sorte!

Espero ter ajudado.

Beijão

{ Axly } at: 3 de novembro de 2008 00:00 disse...

Amoooooooooooooooooo tapioca!
Sempre faço em casa, adoro com manteiga, com queijo e de coco com leite condensado.
É meio chatinha de acertar no começo, mas depois vai que vai...
Adorei o recheio da tua, deve ser ótimo.
Kisss^^

{ Magia na Cozinha } at: 3 de novembro de 2008 01:39 disse...

Deu vontade! Com este recheio... Hummm!
Bjs :)

{ Mundo de Alice } at: 3 de novembro de 2008 08:01 disse...

Glau vou provar com este Vivian foi o que aconteceu na primeira tentativa
Canela nunca fiz pudim, mas está na minha lista
Vitor ficou mesmo
Paula, a do super não deu certo, comprei já pronta para fazer em uma banca de tapioca!!! Esta coloca pura na frigideira
Ameixa é muito bom
Cris lá no Nordeste eles comem direto, que bom!!
Eu Mulher, valeu todas estas dicas, acho que não deixei sair toda a água, vou tentar novamente
Axly o recheio foi idéia da Chris, minha sobrinha, ficou uma "dilicia"
Claudia ficou maravilha

{ Ziza } at: 3 de novembro de 2008 08:39 disse...

Tenho uma revista guardada com receitas e passo-a-passo. Mas ainda não me animei a fazer. No Nordeste me empanturro com tapioca nos bifês de café da manhã em hotel... feitinha na hora com ovo mexido. Adoro.

{ Téia } at: 3 de novembro de 2008 09:43 disse...

Alice querida, amo, amo tapioca, minha mãe que me acostumou a gostra, ela faz direto na casa dela. No sábado ela me deu um pacote enorme de povilho já molhado, vou já, já fazer, mas este recheio seu está maravilhoso, hummmm......Bj amiga.

{ Mari Azevedo } at: 3 de novembro de 2008 09:57 disse...

Alice querida, mas que perdição... amo negrinhos e amo tapioca, a mistura dos dois deve ser simplesmente fantástica!!!
Nunca tentei fazer... mas quem sabe não acabo me encorajando? rsrsrsrs
Seu prato como sempre está com uma apresentação fantástica.
Beijo grande!

{ Rose } at: 3 de novembro de 2008 10:28 disse...

Adoro tapioca, recheios doces e salgados...delícia! Experimente com requeijão e goiabada. No sítio usamos aquele requeijão em barra maravilhoso que só se encontra nas regiões de Feira de Santana, ele é mácio, vc aperta sai manteiga, hummmmm...rss.
Beijão.

{ Nana } at: 3 de novembro de 2008 11:44 disse...

Alice,

eu não sou fã de Tapioca, mas minha mãe é louca por esse doce.
As suas ficaram lindas querida e obrigada pela dica, pq eu não iria acertar o ponto nunca kkk
Bjs

{ Cláudia M. } at: 3 de novembro de 2008 15:08 disse...

Alice, eu nunca comi tapioca, mas depois de ler o seu texto e principalmente ver as fotos, aiai, fiquei com água na boca. Isso deve ser pra lá de bom!
Bjs

{ Filipa } at: 3 de novembro de 2008 16:47 disse...

Alice, nunca provei tapioca assim mas devo dizer que tem óptimo aspecto!!

beijinhos

{ Carol } at: 4 de novembro de 2008 15:51 disse...

Alice, é meio complicado mesmo. Tai uma dica bem bacana pra ajudar você da próxima vez:

Massa de Tapioca
250g de polvilho doce
500ml de água

Em uma tigela, coloque 150g do polvilho e reserve o restante.

Acrescente devagar a água, mexendo sempre.

Depois de misturados, cubra a tigela com um pano ou filme plástico e deixe descansar por 5 horas.

O polvilho vai se separar da água, formando uma placa "dura" no fundo da tigela. Jogue fora toda a água que sobrou sobre essa placa e misture o polvilho que estava reservado. Cubra a tigela e deixe secar por mais 5 horas.

Depois desse processo, o polvilho já estará hidratado, com o formato de uma pedra. Pegue outra tigela, limpa e seca, e rale todo o polvilho solidificado. Coloque uma frigideira sobre a boca do fogão e aqueça-a em fogo alto.

Disponha 3 colheres de sopa cheias da farinha e espalhe-a pela frigideira até que tome o formato de uma panqueca.

Em seguida, com a massa na frigideira, recheie a tapioca. Reserve sobre um guardanapo e repita a operação até terminar a massa

Dá trabalho né, as vezes vale mais a pena comprar pronta mas se quiser fazer novamente espero ter lhe ajudado um pouco.

Grande beijo

{ Mamão com açucar } at: 5 de novembro de 2008 22:33 disse...

AH Meu DEUS!!!!!!!!! Eu amo muito tudo isso!!!!!!!
Adorei!!!!!!!!

{ Mundo de Alice } at: 7 de novembro de 2008 07:15 disse...

Ziza leva um dia a revista para eu ver!!
Téia que bom ganhar a farinha já prontinha!
Mari vale a pena fazer, obrigada
Rose me manda um requeijão por sedex??
Nana é dificil este ponto...
Cláudia é pra lá de bom mesmo
Filipa é bom demais
Carol valeu cada dica, gracias
Fernanda amo também